Despedida do Blog BEGINNER!!!

Meninas quanto tempo!!! Que saudades de falar com todas vocês!

Pois é, podem brigar comigo pois eu abandonei o blog por um tempinho porém foi por uma excelente causa: sair de beginner e virar pro!

Com isso, é com grande alegria que eu me despeço de todas vocês, afinal agora que  estou me formando uma MAKE-UP ARTIST, vou ter meu próprio SITE  e BLOG NOVO que vai ter o meu próprio nome! Chique né? rs

Logo logo eu volto com mais informações, mas garanto que está ficando lindo, e enquanto não fica pronto, aqui vão algumas fotos dos meus trabalhos mais recentes aqui em NY!

Espero que gostem…

Beijos JO

 

 

 

 

 

LET’s GET STARTED!!! Material MUD NY!!!!

Deu-se a largada!!! O curso na MAKEUP DESIGNORY SCHOOL finalmente começou e vocês não vão acreditar na quantidade de material que eu tive que comprar para as aulas! É de impressionar até os mais experientes! Cada matéria (são 4) exige uma quantidade de material infindável e tinha coisas que eu não fazia a menor idéia do que era- aliás ainda não faço! rs

Minhas matérias serão:

FUNDAMENTALS OF BEAUTY MAKE-UP  – aplicação da maquiagem para cinema, televisão de alta definição,  fotografia  e publicidade.

STUDIO HAIRSTYLING FOR THE MAKE-UP ARTIST –  Os alunos irão aprender a criar penteados modernos, ousados ​​e criativos

BEAUTY LAB -Os alunos vão realizar a maquiagem e o penteado em  modelos profissionais para uma série de sessões de fotos,  para simular ambientes de trabalho real.

SPECIAL MAKE-UP EFFECTS 201: CHARACTER MAKE-UP ARTISTRY –  Os alunos aprendem uma variedade de  efeitos especiais  incluindo a criação de lesões, envelhecimento e aplicação de cabelo facial.

LAB TECHNIQUES –  todas as fases de conceituação do projeto e aplicação de próteses, incluindo escultura, desenho, modelagem, formulação de espuma de látex e gelatina, bem como solda, pintura e aplicação de peças protéticas.

Primeiro dêem uma olhada no material:

Vejam a lista que eu recebi de produtos para comprar:

Esse material é para aula de FUNDAMENTALS OF BEAUTY MAKE-UP e para mim é o que eu estou mais familiarizada! 

Agora começa a parte que eu já não tenho muita idéia do que estava comprando! rs  Matéria: STUDIO HAIRSTYLING FOR THE MAKE-UP ARTIST

Aqui basicamente são produtos que se usa muito e são quase descartáveis, então eles pedem para ter um estoque em casa!

Aula de SPECIAL MAKE-UP EFFECTS 201: CHARACTER MAKE-UP ARTISTRY

Aqui são os produtos da aula de cabelo espalhados pela cama para vocês verem melhor!

Reparem na quantidade de escovas!!! rs

Matéria: LAB TECHNIQUES – não conheço um material sequer desta aula!!! rs

Aqui é o airbrush! Que eu nunca usei! Estou empolgada!!!

Muita coisa né?

Minha mãe foi quem não acreditou! rs

Bom pessoal ontem foi o primeiro dia e já foi beeeeem puxado! Saí de lá com a cabeça explodindo! Primeiro porque é tudo em inglês, o que eu ainda não me acostumei totalmente, segundo porque a carga horária é muito alta. Eu tenho aulas todos os dias, de segunda a sexta das 7:45 até às 16:00 com 45 minutos de almoço só! Dá para acreditar? Não dá, certo? porém é a mais pura verdade! E o pior, é exigido 90% de presença! Sim 90%!!!! Ou seja, quase que colégio interno, só que para aprender algo que eu adoro!

A primeira matéria que eu estou tendo é FUNDAMENTALS OF BEAUTY MAKE-UP, eu vou ter essa matéria durante 2 meses inteiros até passar para a próxima! Então é beem intenso! 

A sala tem 20 alunos e maioria americano, só tem eu de brasileira e uma coreana que está mais perdida que eu coitada!

A professora é bem exigente… E todo dia tem lição de casa! Sim lição de casa que tem que ser entregue às 7:45 da manhã do dia seguinte! E aqui eles pegam muuuito no pé com essa coisa de HIGIENE! O que por um lado é bom porém por outro é muita NÓIA!!! Tudo tem que ser esterilizado o tempo todo, só de álcool gel eles mandaram comprar 9 tubos! Esponja usou jogou fora! Isso é meio chato!

Pelo segundo dia deu para sentir que eles vão ser muito exigentes que eu vou aprender muuuuuito, vai ser INTENSO! Mas que vai ser muuuito válido!

Eles levam muito a sério, MAKEUP ARTIST é uma carreira e na faculdade, tem uma central de estágios que ajuda os alunos a arrumar emprego! Porém para os estrangeiros não é remunerado, não temos autorização de trabalhar nos Estados Unidos. Mas já está valendo, para o currículo é muito bom, e como a escola é super reconhecida, vários estúdios de cinema e televisão procuram a escola para contratar os alunos. Além das semanas de moda que sempre contratam também!!! Legal né?

Estou muuito cansada de prestar tanta atenção mas muito feliz, na expectativa! 

Bom meninas sempre que der eu vou colocar  que aprender para vocês! Mas como vocês viram está beem corrido, espero me acostumar e entrar no ritmo!

Mil beijos e tchau porque agora preciso fazer lição!!! rs

Essa é minha sala!!!

Processo criativo até o meu tropicalismo punk!!!

Meninas boa tarde! Últimos preparativos para minha partida eu vim mostrar para vocês como foi o meu processo criativo até chegar ao resultado final da minha prova sobre tropicalismo punk!

Primeiro “colhi” várias referências dos dois movimentos:

“o movimento tropicalista evocava a valorização do brasileiro, da natureza, seja na música, no teatro, na poesia ou nas artes plásticas”

“O punk procurava chocar, impor a atitude e personalidades fortes de quem o adotava” 

Decidi que a maquiagem seria a do “tropicalismo punk”, e não a do “punk tropicalista”

E então comecei a fazer váaaarios testes nas minhas “cobaias”!

Na primeira cobaia (a Valen) eu tentei fazer o VIOLENT LIPS pois acreditei que chocaria, seria um caminho para a “pegada” punk que a maquiagem tinha que ter! Porém é bem difícil  ficar PERFEITO e eu não sabia se podia me utilizar de tal artifício então logo descartei! Depois tentei fazer um desenho no olho parecido comos adesivos  mily eye flashesque eu já falei aqui no blog, porém de parecido não teve nada e ficou TRÁGICO!!!! ENTÃO TAMBÉM FOI DESCARTADO! RS

TRAGÉDIA!!!

“Depois de observar as padronagens tropicalistas, o que saltava aos olhos eram as estampas de natureza, sempre coloridas. Entre folhagens, bananeiras e estampas gráficas, observei também muitas flores. Pretendi, então, reproduzi-las nos olhos da modelo” Tive a idéia de criar a sensação de que os olhos das modelos fossem duas flores! E pensei para o movimento punk uma boca rosa com o contorno escuro, TUDO PARA CHOCAR!

Como achei a boca sem graça parti para outra idéia: uma nova sobrancelha, BEEEEEEEM ARQUEADA!!!! Teria que cobrir a sobrancelha antiga e fazer uma nova! Então primeiro testei só cobrindo com base, e o resultado foi catastrófico! heheheheeh

Porém, quando cobri com várias camadas de cola pritt e depois passei corretivo por cima, consegui criar uma nova sobrancelha que dava um ar bemm chocante! Neste momento achei que tinha chegado no resultado final!

Porém me deu um “click” e eu achei que isso tudo estava MUITO DRAGQUEEN  e fui pesquisar sobre o tema! E acreditem, realmente estava! hehehehehehe 

Aqui o meu desespero começou porque tive que dar alguns passos para trás e descobrir um novo jeito de chocar de uma forma nova! Com isso tentem diversos tipos de sobrancelhas que vocês verão abaixo:

A primeira ficou muito normal:

Essa rosa ficou “nada a ver…”

Essa fina caímos na risada, pareceu uma “velhinha!!!”rs

Decidi também testar uma de cada tipo, e odiei!!!

Até que tive um estalo, Esse choque se faz presente com os resquícios punks da boca da modelo. A idéia foi fornecer um elemento icônico do movimento punk (a boca preta), porém em apenas um dos lábios. É a forma de chocar!

E foi assim que cheguei no meu resultado final e aí foi só treinar para a prova!

É como se o movimento tropicalista estivesse abraçando o punk presente na boca. A parte inferior da boca em tom claro evoca o rosto mais limpo das artistas tropicalistase, junto ao olho baseado nas estampas tropicalistas, abraçam a boca metade punk. O lábio da atitude, do choque, da ruptura e do anarquismo. As flores do cabelo e os olhos resistem, mas a boca marca a inevitabilidade da influência externa para movimentos- sejam eles políticos ou culturais.”

E por fim o resultado final no dia da prova: 

Ufa um looooongo processo porém com missão mais que cumprida! Já recebi um feedback dos meus professores com pontos positivos e oportunidades e dentro do possível saí bem feliz! Vivendo e aprendendo certo?

Beijosss e até mais!

Tropicalismo Punk! Conclusão de curso!

É meninas o curso chegou ao fim e agora chegou a hora de eu mostrar para vocês meu trabalho de conclusão! Como já havia dito há algum tempo o tema da minha sa la foi Tropicalismo Punk! Precisei estudar esses dois movimentos e, a partir disto, criar uma maquiagem, podendo ser ela conceitual ou não.

Então aqui vai a minha tese e minha criação, espero que gostem:

“Depois de várias tentativas em traduzir movimentos tão antagônicos como os tropicalista e punk em uma maquiagem, decidi aproximá-los. Trazer elementos de um para o outro de forma que não parecesse duas maquiagens diferentes foi a primeira preocupação.

Os dois movimentos aconteceram quase ao mesmo tempo – enquanto, no final dos anos 60, o movimento tropicalista evocava a valorização do brasileiro, da natureza, seja na música, no teatro, na poesia ou nas artes plásticas; na Inglaterra dos anos 70 o punk procurava chocar, impor a atitude e personalidades fortes de quem o adotava. Como afirmava a jornalista Caroline Coon, em 1977, “o punk é a revanche dos hippies”.

E, se o tropicalismo carrega em si um pouco do estilo de vida hippie, unir os dois seria tentar aproximar as culturas, e os elementos que, de tão diferentes, podem até complementar um ao outro. A decisão foi fazer com que um predominasse, para traçar um norte para a maquiagem. Decidi que a maquiagem seria a do “tropicalismo punk”, e não a do “punk tropicalista”.

Para construir um visual que remetesse a ambos, tomei como base o que mais marca cada movimento. O tropicalismo não abria espaço para quase maquiagem nenhuma – até pelos ideais que pregava. Porém eram as estampas e as cores gritantes que chamavam a atenção em qualquer visual ou produto cultural tropicalista, além da valorização da natureza. Em contrapartida, o que se via primeiro em um punk era a maquiagem carregada, e o choque inicial que ela provocava, com suas cores escuras e traços fortes.

A idéia da maquiagem conceitual em detrimento de uma maquiagem mais urbana veio da necessidade do “palco” para os tropicalistas. Por mais que não usassem maquiagens tão fortes como os integrantes do movimento punk, os tropicalistas tinham a atenção do público através das roupas, dos gestos, e da voz (uma vez que a música é a primeira coisa que chama a atenção no movimento tropicalista, antes do teatro, do cinema e das artes plásticas). Então, para trazer um pouco do tropicalismo utilizando somente a maquiagem como expressão de todo um ideal, decidi que ela seria marcante, e poderia funcionar em passarelas ou no palco, por mais que não conseguisse funcionar nas ruas. Uma escolha baseada apenas na vontade de expressar a ruptura que o tropicalismo propunha em relação a toda produção cultural anterior.

Depois de observar as padronagens tropicalistas, o que saltava aos olhos eram as estampas de natureza, sempre coloridas. Entre folhagens, bananeiras e estampas gráficas, observei também muitas flores. Pretendi, então, reproduzi-las nos olhos da modelo, utilizando cores fortes de sombras e cílios postiços em cima e em baixo, para simular as pétalas. Seriam elas, portanto, o carro chefe do visual criado. O verde e o amarelo reproduzem toda a valorização do ideal brasileiro dos tropicalistas.  Não somente são as cores da bandeira, mas também trazem o sol brasileiro, e o verde necessário nas flores. Na época do movimento tropicalista no Brasil, havia o desenvolvimento de uma nação de mistura de raças, e principalmente mistura de cultura popular, que trazia influência indígena, africana e européia. Dessa mixagem resultou a genuína cultura brasileira, que, nos anos 70, também inovava com o teatro de José Celso Martinez Correa, ou com a presença da guitarra elétrica em festivais de música com Caetano Veloso, com Gilberto Gil, com Gal Costa. De toda a maneira, era uma revolução que também chocava.

Esse choque se faz presente com os resquícios punks da boca da modelo. A idéia foi fornecer um elemento icônico do movimento punk (a boca preta), porém em apenas um dos lábios. É a forma de chocar, e conduzir o olhar para cima, para a parte superior da boca e para os olhos.

É como se o movimento tropicalista estivesse abraçando o punk presente na boca. A parte inferior da boca em tom claro evoca o rosto mais limpo das artistas tropicalistase, junto ao olho baseado nas estampas tropicalistas, abraçam a boca metade punk. O lábio da atitude, do choque, da ruptura e do anarquismo. As flores do cabelo e os olhos resistem, mas a boca marca a inevitabilidade da influência externa para movimentos- sejam eles políticos ou culturais.”

 

 

 

 

 

 

Beijos

Ps: Agradecimento mais que especial –  essencial à Má!

Aula de fotografia!

Meninas hoje vi mostrar um dos últimos post sobre as aulas do curso do liceu, já que terminou!

Foi uma aula sensacional que a gente teve sobre maquiagem para fotografia – com um fotógrafo profissional, Alisson Louback! Primeiro ele nos deu uma aula completa sobre os tipos de luz mais comuns que existem e sobre como é importante antes de maquiarmos uma modelo que será fotografada, conversarmos com o fotógrafo para saber que tipo de luz ele irá usar para aí sim definirmos a nossa maquiagem.

Algumas das luzes que aprendemos foram:

LUZ DURA: a sombra que uma luz dura produz é muito forte você consegue ver exatamente o contorno do que a sombra produziu. Por exemplo, se está fazendo sombra no nariz você enxerga um nariz certinho na própria sombra. Há um ponto de luz como o sol que faz uma sombra bem forte, você vê o formato da sombra – Neste tipo de luz normalmente a maquiagem não é carregada, é mais leve!

LUZ SUAVE: produz uma sombra que você não define de onde vem e nem o formato que tem, geralmente a maquiagem é mais carregada para aparecer mais na foto!

LUZ DE CONTRA: é uma luz contra a câmera, fica tudo meio sem contraste, os detalhes somem, então maquiagem com detalhes não vão aparecer, aqui precisa ser uma maquiagem beeem carregada, caso contrário não aparecerá!

LUZ DE PUBLICIDADE: tende a ser uma luz uniforme, uma luz de contra e uma luz de frente geralmente suave, para a leitura da foto ficar uniforme.

UMA GRANDE DICA DOS PROFESSORES FOI: bastante atenção nos detalhes que não são possíveis de mudar no photoshop, como uma boca pouco hidratada, vinco da olheira, cílios grudados e sobrancelha fora do lugar.


Depois da nossa aula teórica tivemos que reproduzir com nossas duplas a mesma maquiagem de uma foto que estava em uma capa de revista internacional.

Pena que a revista é antiga, então não achei para mostrar para vocês compararem , porém já dá para mostrar a maquiagem que eu fiz na minha dupla (a Jú) e a que ela fez em mim. E, depois de prontas, o próprio fotógrafo foi quem fotografou (e escutamos a opinião dos professores sobre o make que tínhamos feito.)

Uma das exigências dos professores era chegar nas mesmas texturas que a maquiagem estava na capa da revista e isso foi bem difícil!

Veja nosso resultado, primeiro a maquiagem que eu fiz na Ju: 

Agora a maquiagem que ela fez em mim:

O feedback que  os professores deram para a maquiagem que eu fiz na Jú foi:

– faltou máscara de cílios;

– poderia usar algo mais metálico nas pálpebras fixas para aparecer o brilho;

– o acabamento do canto externo dos olhos poderia ser mais uniforme;

– faltou brilho no canto interno dos olhos (entre nariz e sobrancelhas);

– boca e blush corretos.

EXIGENTES OU NÃO? rs ASSIM É QUE É BOM, CERTO? 

Beijos meninas e bom final de semana!

FIM de CURSO

É pessoal… Chegou ao fim o meu tão amado curso de maquiagem profissional no LICEU DE MAQUIAGEM. Agora está chegando a hora de arrumar as malas e partir para o próximo curso na MAKE-UP DESIGNORY SCHOOL em NY.

Ontem tive minha prova final e devo confessar o meu nervosismo! Como algumas meninas do curso ainda não fizeram a prova só posso mostrar para vocês o resultado final na semana que vem, mas já adianto que sai satisfeita!

Confesso também que já estou triste por ter acabado e com saudades da turma! E uma vontade de ir pra aula! Eu super recomendo o curso para pessoas com vontade de aprender TUDO SOBRE MAKE.

Desde maquiagens por décadas, até para passarela, maquiagem para fotografia, aulas sobre cuidados da pele, história da maquiagem, tivemos palestras com Stylist, com fotógrafo profissional, enfim o curso é bem completo, eles nos dão todos os instrumentos agora cabe a cada um treinar, treinar e TREINAR! 

Eu só tenho a agradecer ao meus dois professores, por todo ensinamento passado, pela energia, pelos conselhos e principalmente pelo CLIMA, QUE ERA UMA DELÍCIA!!! SAUDADES!

Estes são meus professores, a Vanessa Rozan e o Vito Mariella.

“Teachers” (rs) mais umas vez muito obrigada por tudo!

Beijos Jô